O que é a Urologia?


A urologia é a especialidade médica que trata das doenças ou enfermidades que acometem os órgãos urinários tanto masculinos quanto femininos e os órgãos genitais masculinos. Por ser uma especialidade bastante abrangente, o urologista pode tratar de patologias diversas.

Quem é Dr. Ezer?


Um dos mais respeitados urologistas do Brasil, Membro Títular da Sociedade Brasileria de Urologia (SBU), Membro Correspondente da American Urological Association (AUA) e Membro da Sociedade Brasileira de Cir. Laparoscópica (SOBRACIL).


Leia nosso Blog

Blog do Dr. Ezer Amoras Melo

By Bruno Fernandes 21 Nov, 2017

Você já assistiu ao programa “Encontro com Fátima Bernardes” da Rede Globo? Pois bem, falo sobre o programa porque hoje eles abordaram o tema "Machismo X Saúde".

No programa dessa terça-feira (21/11), Fátima Bernardes contou com a presença dos atores Caio Paduan que interpreta o personagem Bruno de “O outro lado do paraíso” e Erika Januza que interpreta a Raquel; (ambos estão na foto do post junto com a apresentadora). Além dos atores globais, a presença de médicos especialistas na área e convidados que passaram pela experiência ajudaram a falar sobre o assunto.

Todos participaram de discussões muito interessantes, ocorrendo até uma cobrança do ator Caio Paduan ao pai. O ator olhou para as câmeras e disse: “Atenção pai, vamos cuidar da saúde”, pois afirmou que seu pai não gosta de ir ao médico e só vai quando está doente.

Um dos convidados informou que há preconceito e machismo quando o assunto é a realização do exame de próstata, onde acredita que a maioria dos homens não se cuida da mesma forma que as mulheres. O mesmo contou também que perdeu o pai por conta do câncer de próstata, isso porque o mesmo não via necessidade de ir ao médico pelo fato de não estar doente ou se sentindo mal. Dessa forma, após muita insistência do filho, ele foi ao médico, fez o exame de próstata e foi diagnosticado que estava com câncer já em um estágio avançado, onde infelizmente veio à falecer algum tempo depois.

Na plateia havia um homem de 63 anos que disse ter feito o exame a partir dos 50, o que está correto, mas informou também que depois realizou o procedimento apenas uma ou duas vezes, sendo que o recomendado é fazer anualmente. Outra pessoa da plateia também foi entrevistada, dessa vez uma mulher. Ela informou que teve a triste experiência de um familiar com a doença, ressaltando a importância de não ter preconceito e pensar sempre na saúde em primeiro lugar. Disse também que se a mulher é extremamente preocupada e trata a ida ao médico como algo obrigatório, realizando mamografia e diversos outros exames, porque os homens não fazem o mesmo?

Os médicos que estavam participando das discussões ressaltaram a preocupação redobrada aos negros e homens que tiveram o câncer de próstata na família, pois são mais vulneráveis a obter a doença.

Gostou da matéria de hoje? É sempre bom ver que a mídia fala sobre o assunto, mostrando a todos a importância dos cuidados com a saúde. Cuide-se você também! Até a próxima matéria.

By Bruno Fernandes 17 Nov, 2017

Muitas pessoas chegam ao meu consultório perguntando apenas a respeito do câncer de próstata. Meu dever é orienta-los sobre a necessidade da prevenção com a saúde de uma maneira mais ampla, e não levarmos em conta apenas a preocupação com o câncer em si. É muito importante entender que é necessário garantir a prevenção como um todo, e que existem muitas outras doenças, tão graves quanto o câncer de próstata.

Entendo que isso tem a ver com o Novembro Azul, e a tamanha repercussão que esta ação ganha na sociedade. Porém, uma visita ao urologista pode mostrar que existe ainda mais atenção com a saúde do que se imagina. Mas, deixo claro que não é necessário alarde, basta você ter alguns cuidados, começando a visitar seu médico urologista com mais frequência, assim como cuidar da prevenção de doenças ligadas à próstata, pênis, testículos e bexiga.

É necessário levar em consideração a possibilidade de outros tumores, e o médico pode levantar outras possibilidades de diagnóstico a partir dos relatos do paciente. É extremamente importante indagar sobre os diversos sintomas que podem passar despercebidos, como por exemplo: dificuldade em urinar e manter relações sexuais. Não menos importante, mas que temos que ter atenção é em relação às DSTs, doenças infecciosas e do trato urogenital, como gonorreia, sífilis e HPV.

Para infecções urinarias, o médico precisa analisar o quadro infeccioso, causado pelo crescimento de bactérias, que se multiplicam e inflamam o trato urinário inferior (bexiga e uretra) ou superior (rins). Para estas questões urinárias, o uso de antibiótico está indicado e depende do tipo de bactéria encontrada.

O que se pretende aqui é que entendamos que, infelizmente, são muitas as doenças que merecem nossa atenção e cuidado. O grande vilão sem dúvida é o câncer de próstata, mas existem outros problemas de saúde que podem trazer grandes transtornos e sofrimento e que podem ser evitados com a orientação adequada.

É necessário focar a sua saúde na prevenção. Só assim, poderemos oferecer opções de tratamento mais adequadas e você estará cuidando inteiramente de você.

Ver mais
Share by: